Roteiros

Parque Nacional Huerquehue

Dicas e Informações



Parque Nacional Huerquehue

Criado em 1967, o parque de 12500 hectares de extensão conserva uma maravilhosa flora e fauna nacional em um relevo irregular.

Conhecido também como “o local de mensageiros” em língua mapuche, o atrativo gera uma exuberante vegetação graças a suas abundantes precipitações, as quais superam os 2 mil mm anuais.

As araucárias, mañíos, tepas e robles, são algumas das espécies florais, enquanto o raposa, o puma, o pudú, o chucao e a güiña são parte da fauna do local.

Os lagos Verde e Tinquilco e a lagoa El Toro, são alguns dos recursos hidrográficos que podem ser encontradas no parque, como também as veredas San Sebastián, Ñirrico, Los Lagos, Los Huerquenes e Quinchol.

Localizado 35 quilômetros ao este de Pucón e a 145 quilômetros ao sudeste de Temuco.

Como chegar

Ônibus (de Pucón ao Parque tem apenas 2 ônibus durante o dia que vai, e apenas 2 ônibus que voltam, um pela manhã e um pela tarde, se informe dos horários na chegada a Pucón)

Via terrestre por caminho que une Temuco, Freire, Villarrica, Pucón, Camino a Lago Caburgua, desvio Paillaco e o Parque Nacional Huerquehue.

Quando ir

Todo o ano.

Clima

Temperado de tipo chuvoso. As precipitações ocorrem todo o ano e a amplidão térmica aumenta para o interior. As geladas são freqüentes na temporada invernal.

Serviços

Informações, guarda-florestal.

Valor entrada

O acesso tem um valor de 2200 pesos chilenos para adultos e de 600 pesos para crianças.

Como Chegar

De Avião: Desde Santiago, vôos diários ao Aeroporto Maquehue de Temuco (1 hora), localizado aproximadamente a 7 km da cidade.
Em temporada de verão e de esqui há vôos desde Santiago ao aeroporto de Pucón, localizado a 5 km do centro da cidade.
Desde Temuco e Pucón há transporte privado aos parques nacionais.

De ônibus: Desde Santiago saem omnibuses diários a Temuco (9 horas).
Saem omnibuses desde:
• Terminal rodoviário Alameda: Av. Bernardo O’Higgins 3570, metrô Universidad de Santiago. Telefone: (56-2) 7762424
• Terminal rodoviário Santiago (ex Terminal Sur): Alameda e Nicasio Retamales, a 150 m ao oeste do Terminal rodoviário Alameda. Telefone: (56-2) 3761750

Há transporte diário desde Temuco a Pucón e a Villarica. Quando esteja em Pucón, há omnibuses interurbanos que poderão levar você ao destino escolhido. Também é possível contratar em agências um pacote turístico que inclua o transporte.

De Carro: Desde Santiago a Temuco pela rota 5 sul (676 km). Desde Temuco a Villarrica são 81 km e de Temuco a Pucón, 107 km. A rota a seguir muda segundo o parque escolhido, mas geralmente incluem uma grande parte de caminho asfaltado e uma parte menor de caminho de rípio.

 

Dicas:

* Leve sapatos confortáveis e a prova de tudo, meias térmicas e uma casaca impermeável. Na temporada de calor, utilize várias capas de roupa, já que as temperaturas podem mudar significativamente durante o dia.

* Tente pegar o primeiro ônibus para o parque para conhecer o máximo. Pois a trilha é um pouco longa, e o último ônibus que sai do Parque para Pucón é as 17 horas. Então sugiro que vá ao Parque no primeiro ônibus e volte no ultimo ônibus.
* Leve comida e água pois no Parque dependendo da estação não tem lugar para comer. (Na volta da trilha encontrei uma barraca simples, comprei um mel natural do parque, porém não vi comidas)
* Leve uma mochila leve, com água, protetor solar, capa de chuva, e se tiver coragem de tomar banho no lago leve um Neoprene (Infelizmente não levei o meu, mais fiquei na vontade de mergulhar)

Video deste Mochilão aqui:


Comentários

Se você acha a aventura perigosa, tente a rotina, é mortal.

Nas Trilhas: Nunca tire nada além de FOTOS, Não deixe nada além de PEGADAS, Não mate nada além do TEMPO, e não leve nada além de BOAS LEMBRANÇAS.
Não importa qual o passeio, leve sempre seu saquinho para acumular seu lixo. E JAMAIS jogue bitucas de cigarro acesas nas matas.

Estradas e Trilhas - Todos os direitos reservados. Desde 2011